Um novo decreto presidencial classifica outras atividades como essenciais, que podem funcionar durante a quarentena de proteção ao coronavírus. A medida, que está no Diário Oficial da União desta quinta-feira, altera as normas publicadas na última sexta, e agora inclui, entre outras coisas, atividades religiosas e o funcionamento de casas lotéricas.

No decreto anterior, foram citadas cerca de 30 atividades como essenciais e que, por isso, poderiam funcionar em todo o território nacional.

No novo decreto, foram incluídas mais 12 atividades, como serviços presenciais bancários; produção, distribuição e comercialização de petróleo; perícias médicas; atividades jurídicas; o funcionamento das lotéricas; e atividades de qualquer religião, obedecidas as recomendações do Ministério da Saúde.

Após a publicação do decreto, a Federação Espírita recomendou, por meio de nota, que os centros espíritas sigam as orientações dos organismos de saúde. Segundo a entidade, as atividades continuam ocorrendo, mas de forma virtual e contínua.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil informou que, mesmo com o decreto, a recomendação é que as celebrações sejam via redes sociais, rádio ou TV. Mas as igrejas devem permanecer abertas para visitações. A CNBB informou ainda que nesta quinta vai publicar um informe oficial com as orientações aos párocos e comunidades.

Também depois do decreto que define atividades religiosas como serviços essenciais, o governo do Distrito Federal informou que continua a suspensão de cultos e missas de qualquer religião, até o dia 5 de abril, conforme decreto. Segundo o documento, as medidas tomadas serão mantidas como forma de evitar aglomerações e a propagação do coronavírus. Assim, igrejas de qualquer culto podem ficar abertas, mas sem celebrações.