O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou que vai reabrir dois segmentos  do comércio do município a partir desta sexta-feira (27). As lojas de conveniência que funcionam dentro dos postos de combustíveis voltam a abrir as portas, assim como as lojas que vendem materiais de construção.

 

A medida ocorre após o presidente da República Jair Bolsonaro afirmar  em pronunciamento que o país deve voltar à normalidade. No decreto em vigência no município, apenas supermercados, farmácias, padarias, pet shops, lojas de equipamentos médicos, postos de gasolina poderiam funcionar.

 

Crivella enfatizou, no entanto, que além destes estabelecimentos citados, nenhum outro tipo de lojista está autorizado a abrir as portas e, nos próximos 15 dias, a orientação é para seguir rigorosamente o período de afastamento social.