A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizou a formatura de 61 alunos da Escola Técnica Estadual de Sinop. Durante a solenidade, realizada na terça-feira (09.07), foram entregues os diplomas para os novos profissionais das áreas de Agropecuária, Enfermagem, Edificações e Logística.

Um dos destaques da cerimônia foi a turma de técnico em enfermagem, que concluiu o curso com todos os 22 estudantes já inseridos no mercado de trabalho.

“O curso já está transformando minha vida. Agora me vejo na profissão de enfermagem. Quando você se abre e agarra novas oportunidades, como esta foi para mim, as dificuldades parecem menores. Na realidade, você corre atrás, como eu corri, e dá o seu melhor. Hoje, já tenho uma vaga no hospital e estou muito feliz com isso”, afirmou a recém-formada no curso de técnico de enfermagem a Jessica Nunes Dutra Ferreira.

O formando no curso de técnico em agropecuária, Luiz Carlos Blacheque, buscou no curso uma oportunidade de crescimento profissional.

“Esta formação vai me trazer mais oportunidades e melhorar o meu currículo. Espero contribuir com o agro que vem transformando o Brasil”, disse.

O secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Allan Kardec, destacou o compromisso do Governo de Mato Grosso com a qualificação profissional para oferecer profissionais capacitados para o mercado.

“É com grande orgulho que celebramos mais uma formatura dos nossos cursos técnicos. Estou certo de que a equipe da Escola Técnica Estadual de Sinop proporcionou a melhor formação possível aos estudantes, que agora ingressam no mercado de trabalho como excelentes profissionais formados pela Seciteci. Nossa Secretaria vive um novo momento, dedicando-se a formar profissionais competentes e preparados para atuar em qualquer lugar do Brasil”, garantiu o secretário.

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior, Dimorvan Brescancim, enfatizou a importância de capacitações como essa para o desenvolvimento do Estado.

“São quatro áreas extremamente importantes para o desenvolvimento de Mato Grosso. Hoje, nós temos no Estado uma carência muito grande de mão de obra, principalmente qualificada. Os novos técnicos vão preencher essas lacunas que o mercado de trabalho cria e muitas vezes não possui profissionais preparados para desenvolver essas atividades”, afirmou.

Vocacionada na área de energias renováveis, a Escola Técnica Estadual de Sinop oferece, além dos cursos mencionados, outros dois na área de Biocombustíveis e Sistemas de Energias Renováveis.

*Com supervisão de Cayron Fraga

Categorized in:

Destaque,

Última atualização: 11 de julho de 2024