Nas 79 partidas, são 38 vitórias da Amarelinha; equipes entram em campo neste sábado (6), às 22h (de Brasília), em Las Vegas

Brasil x Uruguai na Arena da Amazônia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Raphinha.

Brasile goleou Uruguai por 4 a 1 pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil e Uruguai se enfrentam neste sábado (6) às 22h (de Brasília), no Allegiant Stadium, em Las Vegas, pelas quartas de final da Copa América 2024 para o jogo de número 80 entre as seleções. A Seleção Brasileira detém ampla vantagem, com 38 vitórias, 20 empates e 21 derrotas, além de 142 gols marcados e 100 sofridos.

Se, no geral, a equipe verde e amarela soma mais triunfos, pela Copa América, por outro lado, o equilíbrio impera. Foram 26 partidas pela competição sul-americana, com nove vitórias do Brasil, nove do Uruguai e oito empates.

Brasil x Uruguai no Estádio do Arsenal. Gol Allan, Filipe Luís, Neymar e Richarlison

Brasil venceu o Uruguai por 1 a 0 em 16 de novembro de 2018, no Emirates Stadium, em Londres
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

As seleções disputaram o título da Copa América cinco vezes: o Brasil se sagrou campeão em 29 de maio de 1919, por 1 a 0, com gol de Friedenreich, nas Laranjeiras; em 16 de julho de 1989, por 1 a 0, graças a Romário, no Maracanã; e em 18 de julho de 1999, por 3 a 0, com dois tentos de Rivaldo e um de Ronaldo, no Defensores Del Chaco, em Assunção (PAR).

Já o Uruguai levantou a taça em 1983, por 4 a 1 no placar agregado, com partidas no Centenário e na Arena Fonte Nova, e em 1995, nos pênaltis por 5 a 3, no Centenário.

Brasil, campeão da Copa América de 1989

Brasil, campeão da Copa América de 1989
Créditos: Acervo CBF

A Amarelinha não sofre um resultado negativo para a Celeste pelo torneio desde 1995, quando os rivais sul-americanos superaram os brasileiros na final por 5 a 3 nos pênaltis, depois de empatarem nos 90 minutos por 1 a 1, no Centenário. Já a última derrota do Brasil no tempo normal, pela principal competição da América do Sul, foi o 2 a 0 em 27 de outubro de 1983, no Centenário.

Ao longo da história secular de duelos, a maior goleada aplicada pela Seleção Brasileira aconteceu no amistoso em São Januário, em 14 de maio de 1944. Lima (duas vezes), Isaías, Tesourinha, Lima e Ruy marcaram os tentos brasileiros.

Seleção Brasileira na Copa América de 1999

Seleção Brasileira na Copa América de 1999
Créditos: Gerência de Memória e Acervo da CBF

A Amarelinha e a Celeste são adversárias há 108 anos. O primeiro encontro ocorreu em 12 de julho de 1916, pela Copa América, à época chamada de Campeonato Sul-Americano, e terminou em 2 a 1 para os uruguaios.

No último embate, em 17 de outubro de 2023, válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026, o Uruguai quebrou um jejum de 22 anos sem derrotar o Brasil. No Centenário, em Montevidéu, a Celeste venceu por 2 a 0. Antes deste, o último revés havia sido por 1 a 0, em 1º de julho de 2001, também no Centenário pelas Eliminatórias.

Uruguai x Brasil - Eliminatórias para a Copa do Mundo 2026 - Estádio Centenário, em Montevidéu

Uruguai x Brasil – Eliminatórias para a Copa do Mundo 2026 – Estádio Centenário, em Montevidéu
Créditos: Vitor Silva/CBF

Categorized in:

Esportes,

Última atualização: 6 de julho de 2024